FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL, ALTICE PORTUGAL E TVI JUNTAS NO APOIO A MOÇAMBIQUE

 

 

 

A FPF, a Altice Portugal e a TVI unem-se numa ação de solidariedade para com Moçambique, através de várias iniciativas concretas que têm como fim a recolha de fundos para as vítimas do ciclone Idai.

Durante esta sexta-feira e sábado (29 e 30 de março), dezenas de voluntários e personalidades conhecidas vão atender as chamadas no call center instalado na Cidade do Futebol. A Altice Portugal é parceira histórica da FPF e apoiará esta iniciativa através da montagem, coordenação e suporte técnico ao call center e disponibilizando, paralelamente, também o número 761 200 200, cujo valor de cada chamada, 1 euro por minuto (+IVA), representará uma doação para esta causa.

Assistir ao jogo inédito de Futebol Feminino (Benfica x Sporting) no Estádio do Restelo, sábado (dia 30 de março) às 16h, é outra forma de contribuir para esta causa, já que, ao valor angariado através das linhas telefónicas, é acrescentado o montante da receita líquida do jogo, cujo preço dos bilhetes é de 2,5 euros. O jogo será transmitido em direto na TVI, que assim se associa a esta iniciativa solidária, sendo media partner de toda a ação.

O Presidente da FPF sublinhou o trabalho conjunto entre clubes, empresas e televisão: “Tal como no futebol, trabalhámos em equipa, com Sporting CP, SL Benfica, CF Belenenses, Altice Portugal e TVI, para podermos, dentro das nossas capacidades e diferentes áreas de ação, oferecer a nossa ajuda incondicional ao povo moçambicano, tão sacrificado pelos terríveis acontecimentos deste mês de março. A FPF tem fortes responsabilidades sociais e a obrigação de assumir sempre um papel dinamizador e agregador na ajuda ao próximo. Resta-me agora apelar a que todos os portugueses participem neste grande jogo de futebol e demonstrem toda a solidariedade para com o povo irmão de Moçambique”.

Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal, destaca a importância do setor empresarial se associar e apoiar este tipo de ações, sendo que “a Altice Portugal tem vindo a assumir um importante e inequívoco compromisso com a sociedade: o compromisso de intervenção social, seguindo um caminho de integração, inclusão, dando o exemplo, através do lançamento de reptos que envolvam os portugueses em causas que nos dizem a todos, como é presentemente o caso do apoio às Vítimas do Idai em Moçambique. A Altice Portugal tem várias iniciativas para apoiar Moçambique e, tendo em conta a parceria histórica com a FPF, não poderíamos deixar de nos associar a mais esta.”

Rosa Cullell, CEO da Media Capital lembra que “a TVI, não pode ser alheia a estes acontecimentos que fustigam populações inteiras. É altura de todos juntos, ajudarmos a devolver a esperança a um povo irmão que precisa de ajuda para reconstruir as suas vidas.

A Media Capital, ciente do seu papel de responsabilidade na sociedade civil, não podia deixar de se associar à Federação Portuguesa de Futebol e à Altice Portugal numa iniciativa que por certo contribuirá de forma decisiva para conseguirmos angariar a maior ajuda possível. É esta a missão que temos todos pela frente e por isso, espero que este jogo confirme o espírito de solidariedade dos portugueses para com a catástrofe que assolou Moçambique”.

 

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

CINEBOX

Kevin Costner está no CINEBOX deste fim-de-semana com um filme novo.

Entrevistado por Vítor Moura em Madrid, o ator apresenta a “Emboscada Final” de Bonnie e Clyde, comenta a expansão do mercado do streaming e faz o balanço de mais 3 décadas a trabalhar em Hollywood.

Shazam” é o próximo super-herói da DC Comics a dar o salto para o Cinema. A poucos dias da estreia nacional, importa conhecer os protagonistas desta super comédia de ação.

Também quase a chegar, está “Samitério de Animais”, a adaptação do livro homónimo de Stephen King que se tornou um clássico do terror.

Ainda nesta edição, o regresso nostálgico de “O Carteiro de Pablo Neruda” numa versão restaurada, 25 anos depois…

E o próximo “Toy Story” com os brinquedos animados que já conhecemos e mais um… chamado Forky.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX!

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

As equipas femininas principais de SL Benfica e Sporting CP vão disputar um jogo solidário para Moçambique no próximo dia 30 de março, no Estádio do Restelo.

O jogo, que será o primeiro dérbi entre as equipas femininas dos dois clubes históricos, está agendado para as 16 horas do próximo dia 30 de março, terá transmissão em direto na TVI e toda a receita líquida reverte para a ajuda a Moçambique, que enfrenta uma catástrofe que a todos entristece.

Os bilhetes para assistir ao jogo do Restelo terão preço único de 2,5 euros.

A partida será organizada pela FPF e em jogo estará o Troféu Vicente Lucas, internacional português nascido em Moçambique, nome essencial da história do CF «Os Belenenses» e um dos magriços de 1966.

Além do apoio de SL Benfica e Sporting CP, o jogo solidário conta com o suporte do CF «Os Belenenses» que cede o Estádio do Restelo, da Associação de Futebol de Lisboa e do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol.

Em declarações ao site fpf.pt, Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol agradeceu aos dois clubes a disponibilidade revelada para este jogo. «É com um sentimento, por um lado, de grande consternação e, por outro, de enorme gratidão que a FPF anuncia a realização de um jogo de solidariedade entre as equipas femininas do Sporting CP e o SL Benfica, a realizar no Estádio do Restelo, e cujas receitas líquidas reverterão na totalidade para a ajuda ao povo moçambicano e às vítimas da terrível tragédia ocorrida na cidade da Beira.
Gostaria de agradecer penhoradamente aos dois clubes a imediata disponibilidade revelada para esta ação concertada de responsabilidade social e igualmente sublinhar que procuraremos, através de outras ações complementares, ajudar a que possam, pelo menos, ser minorados os efeitos desta tragédia.

Nesta altura de grande tristeza, relembro ainda os laços que unem umbilicalmente os dois países e deixo, em nome de todo o futebol português, uma palavra de grande solidariedade a todos os moçambicanos. Juntos, estou certo, conseguiremos ajudar à recuperação do vosso país ».

Luís Filipe Vieira, presidente do Sport Lisboa e Benfica, apelou à forte mobilização dos adeptos.

«O primeiro clássico dos clássicos entre as equipas principais de futebol feminino de duas instituições com a história e dimensão do Sport Lisboa e Benfica e Sporting Clube de Portugal estar associado a uma causa com esta dimensão, num dos momentos mais difíceis por que passa o povo irmão de Moçambique, dignifica todas as entidades que se envolveram nesta iniciativa. Todas as ajudas a Moçambique serão poucas e deixo um apelo para a mais forte mobilização em torno de um jogo que estou certo será um tributo que ficará para sempre como um gesto exemplar».

Frederico Varandas, presidente do Sporting Clube de Portugal, salientou o espírito solidário da iniciativa.

«O Sporting Clube de Portugal é uma instituição desportiva de excelência e com uma vertente de responsabilidade social bem vincada e que faz parte do ADN do Clube desde a sua fundação. Nesse sentido, aceitámos de imediato o convite da Federação Portuguesa de Futebol e juntámo-nos a esta causa. Será com um enorme prazer e espírito solidário que as nossas bicampeãs nacionais vão entrar em campo, no dia 30 de março, para ajudar as vítimas da tragédia ocorrida em Moçambique, um país que diz muito ao Sporting CP. Este é o primeiro dérbi feminino entre as principais equipas do Sporting CP e do SL Benfica, mas é também um excelente motivo para que o Desporto se una de forma a atenuar a dor do povo moçambicano. Contamos com a solidariedade de todos. Ajudar quem precisa está acima de tudo!»

Rosa Cullell , CEO do Grupo Media Capital , declarou a respeito desta iniciativa:
«Este jogo de futebol feminino entre os dois grandes, Benfica e Sporting, reveste-se da maior importância face à tragédia que se abateu sobre o povo moçambicano, e será bem maior que as quatro linhas do campo. Terá a responsabilidade de ajudar Moçambique após a tragédia provocada pelo ciclone” Idai”, o que, neste momento, é um imperativo nacional. A TVI associa-se a esta iniciativa com a Federação Portuguesa de Futebol e agradece aos clubes e às suas equipas que se disponibilizaram de imediato para este encontro inédito».

Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores, lembrou a relação com Moçambique.

«A relação com Moçambique é, mais do que fraterna, uma expressão da lusofonia e por isso toca-nos muito particularmente esta tragédia. Os jogadores e jogadoras de futebol, desporto que reforça a identidade cultural entre os dois países, não podem deixar de estar solidários. A família do futebol deve unir-se por causas e o Sindicato deixa uma mensagem de total disponibilidade para com o povo de Moçambique».

Nuno Lobo, presidente da AF Lisboa, sublinhou a honra por participar nesta iniciativa. «É com enorme honra que a AF Lisboa se associa desde a primeira hora a esta iniciativa solidária com o povo moçambicano. Todos os portugueses devem sentir orgulho pelo facto de o futebol servir causas tão nobres como esta e estar na primeira linha de medidas de ajuda concretas. Ajudar alguém, neste caso um povo com quem temos profundos laços históricos, significa também ajudar-nos a nós próprios, naquilo que mais temos de humano. A AF Lisboa compromete-se assim totalmente com esta iniciativa da FPF, saudando desde já os seus dirigentes pela oportunidade e rapidez com que resolveram atuar em prol de um mundo mais solidário, à semelhança aliás do que já sucedeu no passado. Num estádio histórico, com dois dos maiores símbolos nacionais no relvado, apadrinhados pelo nosso Vicente Lucas, temos, agora, a bola do nosso lado! Vamos todos participar!»

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

CINEBOX

A poucos dias da estreia nacional do novo “Dumbo”, é com uma visita guiada aos bastidores que o Vítor Moura começa o CINEBOX deste fim-de-semana. Colin Farrell, Eva Green, Michael Keaton e Danny DeVito falam de uma experiência inesquecível.

Dolor y Gloria” é o novo filme de Pedro Almodóvar e talvez o mais pessoal de todos. Penélope Cruz e Antonio Banderas explicaram de que forma, na antestreia mundial em Madrid.

A Revolução Francesa por quem a fez é a proposta de “Uma Nação, Um Rei”, o drama histórico do momento para conhecer com o realizador Pierre Schoeller em Paris.

De Quentin Tarantino, chegam as primeiras imagens de “Era uma Vez em Hollywood” com Brad Pitt a fazer de duplo de Leonardo DiCaprio e Margot Robbie a fazer de Sharon Tate…

E ainda há extraterrestres na nova aventura animada da Ovelha Choné que vai dar que falar no Monstra, o Festival de Animação de Lisboa.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX!

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

CINEBOX

 

Este fim-de-semana, o CINEBOX vai ao boxe. A poucos dias da estreia de “Gabriel”, os protagonistas e o realizador apresentam uma história de bullying e xenofobia no Bairro dos Olivais, em Lisboa.

Também quase a chegar, está “Nós”, o novo filme do mesmo realizador de “Foge”. Na antestreia mundial, em Austin, Lupita Nyong’o explica como foi interpretar dois papéis num cenário de terror.

Já em cartaz, está “Réplicas”, o thriller de ficção científica em que Keanu Reeves vai longe de mais na clonagem humana…

E também o filme de João Salaviza, rodado no Brasil, que ganhou um prémio no Festival de Cannes do ano passado.

Ainda nesta edição, Tim Burton, Eva Green e Colin Farrell na antestreia mundial do novo “Dumbo” em Los Angeles…

E as primeiras imagens da próxima aventura animada, e gelada, dos “Angry Birds”.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

CINEBOX

Ryan Reynolds é a voz do “Detetive Pikachu” na adaptação do videojogo ao Cinema. Antes de entrar em ação, ele conta no CINEBOX como se preparou para o papel.

Já em cartaz, está “Snu” o filme que lembra Snu Abecassis no Portugal dos anos 70. Estivemos no lançamento com Inês Castel-Branco e Pedro Almendra que interpreta Sá Carneiro.

Também nesta edição: Samuel L. Jackson rejuvenescido ao lado da “Captain Marvel”; Isabelle Huppert em versão “Viúva Solitária”; Alec Baldwin e Salma Hayek como “Uns Pais do Pior”…

E ainda Dwayne Johnson a fazer dele próprio no mundo Wrestling.

Só vendo, esta semana, com o Vítor Moura e a Maria João Rosa no CINEBOX!

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

TVI mantém a Liderança no Dia e Prime-time em 2019

“Gente Que Não Sabe Estar” de Ricardo Araújo Pereira e Dança com as Estrelas dominam as noites de Domingo

Ficção da TVI continua a ser a preferida dos Portugueses com “Valor da Vida”, a novela mais vista, e “A Teia” que reforça a liderança no seu horário de exibição

Portugueses dão a liderança da informação nacional ao “Jornal das 8”

Decorridos dois meses de 2019, a TVI reafirma-se como o canal líder, com 18,8% de share no total dia e 23,1% no Universo  prime-time. Também em fevereiro, a TVI mantém a liderança no prime-time ao registar 23% no Universo. No principal target comercial, Adultos – também em prime-time -, a TVI lidera, com um share de 23,5%, de acordo com os dados da GfK.

Os novos formatos da Informação da TVI continuam a ser destaque ao longo do mês de fevereiro. O novo programa de Ricardo Araújo Pereira, “Gente Que Não Sabe Estar”, alcançou uma audiência média de 1 milhão 326 mil espectadores e um share de 25,7%, liderando claramente durante o seu horário de exibição.

O “Jornal das 8” mantém a liderança com 1 milhão 27 mil espectadores e um share de 21.9%, contribuindo o jornalismo de investigação para estes resultados. “Ana Leal” atingiu uma audiência média de 1 milhão 186 mil indivíduos, a que correspondeu uma quota de mercado de 24.6%. Já “Alexandra Borges” obteve 1 milhão 134 mil espectadores e 23,4% de share. Destaque ainda para a rubrica “O Deus e o Diabo” apresentado por José Eduardo Moniz, que conquistou cerca de 980 mil espetadores.

No Entretenimento, a 4ª Edição do “Dança com as Estrelas”, que terminou no último fim-de-semana, tornou-se o conteúdo preferido das famílias nos serões de domingo, obtendo um valor de 1 milhão 166 mil de audiência média e 27,4% de share.

A ficção da TVI continua a ser a preferida dos Portugueses há 14 anos com a novela “Valor da Vida”, a  mais vista em Portugal, a registar ao longo deste mês, uma audiência média de 1 milhão 106 mil espectadores e um share de 24.1%. Também “A Teia”, lidera no seu horário de exibição perante o produto de ficção da concorrência, com uma audiência média de 789 mil espectadores e um share de 24.5%.

No Desporto, em fevereiro, a TVI trouxe às televisões portuguesas a transmissão exclusiva da “Liga dos Campeões”, que obteve um share líder de 42,1% com base numa audiência média de 2 milhões e 129 mil indivíduos. No target masculinos, o share subiu para 49,2%.

 

​​​NOTA: Tipo de Audiência Total Dia.​

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn