SECRET STORY 7 LANÇA APP COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

 

A nova APP da 7º edição do Secret Story – Casa dos Segredos tem um avançado e inovador sistema de Inteligência Artificial nunca antes feito na televisão Portuguesa. Nesta edição, a popularidade dos concorrentes poderá ser avaliada pelos utilizadores e por um mecanismo de reconhecimento facial. 

A 7ª edição do Secret Story – Casa dos Segredos estreia domingo e com ela a possibilidade de explorar a nova APP que, na edição anterior, contou com cerca de 16 milhões de interações. O complemento essencial ao novo reality show estará disponível a partir de dia 25 de Fevereiro para iOS e Android e vai oferecer um avançado e inovador sistema de reconhecimento facial, algo nunca antes feito na televisão Portuguesa.

As galas e nomeações serão transmitidas em direto na APP, onde será possível atribuir emoções a cada concorrente. Quando o programa está no ar, os utilizadores terão acesso a dois botões para exprimir as suas emoções relativamente ao que se está a passar na emissão: Amor ou Ódio. Paralelamente, e a partir da segunda gala, a APP começará a cruzar estas opiniões dos utilizadores com o reconhecimento facial dos concorrentes em cena, atribuindo-lhes uma pontuação em percentagem. A popularidade dos concorrentes poderá ser acompanhada, em tempo real, através de gráficos.

Adicionalmente, a APP continuará a disponibilizar o já conhecido sistema de votação e os conteúdos exclusivos gravados e disponibilizados pelos concorrentes.

Para a concretização de mais esta inovação, a TVI contou com a Viva Superstars, sua parceira tecnológica, pioneira no desenvolvimento de tecnologia de interação com TV e streaming de vídeo.

 

Sobre a TVI: 

A TVI junta os portugueses há 25 anos. Em 2000 estreou o primeiro reality show produzido em Portugal – Big Brother – e, quase 18 anos e 31 edições depois, este tipo de formato continua a ser um sucesso, capaz de atravessar gerações, regiões e classes sociais.  A longevidade e fortes audiências só foram possíveis pela constante inovação, que permanece até à atualidade: disponibilização da emissão em streaming das câmaras da casa; criação do primeiro canal 24h no Cabo; primeira aplicação interativa nas boxs MEO; criação do canal TVI Direct, um canal sazonal, disponível 24h no cabo com a emissão ininterrupta; primeiro programa da TV portuguesa a permitir votos em direto pelo Facebook; estreia do canal TVI Reality, 24h/dia e 365 dias/ano, totalmente dedicado à temática dos realities, uma aposta da operadora NOS; criação pela 1.ª vez em Portugal de uma APP mobile que integra seis formas de pagamento: in-app purchase (iOS e Android), Multibanco, Cartão de Crédito, PayPal, Carrier Billing e Premium SMS.

Em semana de aniversário, a TVI reforça a sua liderança, incontestável desde 2005, mantendo-se próxima dos portugueses. Juntos, criamos a sua televisão.

 

Sobre a Viva Superstars: 

A Viva Superstars é uma empresa criada para revolucionar a forma como as pessoas se ligam e interagem com programas de televisão e eventos ao vivo, através de aplicações móveis altamente inovadoras. Os seus produtos proporcionam um conjunto de experiências sociais, de entretenimento e de interatividade “second screen”, disponibilizando assim aos seus parceiros uma ferramenta, única no panorama mundial, para potenciar o envolvimento e a monetização das suas audiências. A Viva Superstars iniciou a sua atividade através de uma parceria com Cristiano Ronaldo e a Polaris Sports que resultou numa APP que se tornou na rede social oficial do melhor jogador do mundo, Viva Ronaldo,  envolvendo centenas de milhares de fãs de todo o planeta. Para além das APPS que vêm complementando diversos reality shows e talent shows, a Viva Superstars, conta também no seu portfólio com produtos inovadores nas áreas da música, do desporto e empresarial.

 

 

TVI FICÇÃO CHEGA À SUÍÇA

 

 

A TVI Ficção chegou à Suíça, tendo iniciado as transmissões na plataforma NET+ no passado mês de Outubro.

A NET+ é a primeira operadora na Confederação Helvética a transmitir o canal que é a casa da ficção líder em Portugal.

Além da TVI Ficção, a NET+ começou, na mesma data, a transmitir também a TVI Internacional. A NET+ é agora a quarta Operadora a emitir o canal internacional da TVI na Suíça.

Os canais TVI Internacional e TVI Ficção estão agora mais próximos dos mais de 270 mil portugueses que vivem na Suíça.

Portugueses não adotaram o silêncio, e aderiram em peso ao “Segredo dos Deuses”

Ontem a TVI transmitiu o último episódio do “Segredo dos Deuses”. Foram 10 episódios que os portugueses acompanharam para saber a verdade sobre histórias hediondas. Prova disso são os valores de audiência média ao longo desses episódios, superior a 1 milhão 430 mil espectadores a que corresponde uma quota de mercado de 30,7%.

O “Jornal das 8” que já era o preferido dos espectadores conseguiu crescer mais de 27% face ao acumulado do ano.

De destacar também os programas transmitidos na TVI24 relacionados com “O Segredo dos Deuses”. A” 21ªhora” alcançou uma audiência média de 221 mil espectadores, que correspondeu a um crescimento de mais de 220% face à média anual e ontem o “Especial Informação” obteve uma audiência média de 278 mil espectadores, sendo durante mais de duas horas o terceiro canal mais visto.

 

“O Segredo dos Deuses” visto por 1 milhão 715 mil espectadores

O  “Jornal das 8” de ontem, foi o jornal mais visto no ano na televisão portuguesa, com uma audiência média de 1 milhão 450 mil espectadores e 31,4% de share.

Neste jornal, foi exibido o primeiro episódio de “O Segredo dos Deuses”, com 1 milhão 715 mil espectadores e 35,3% de share na sua totalidade. Este foi o primeiro de uma série televisiva informativa de 10 episódios, da autoria das jornalistas Alexandra Borges e Judite França.

Foi durante a transmissão desta investigação, às 21h26, que o número de espectadores atingiu 1 milhão e 804 mil, o qual correspondeu ao valor mais alto registado ontem de toda a televisão.

A TVI liderou ontem o dia com 24,1% de share.

 

 

 

O “Jornal das 8” atingiu o mítico número das 300 vitórias num ano

Ao longo de 2017, e faltando apenas 24 dias para o  final do ano, a preferência dos portugueses foi para a informação da TVI  em  300 dias  dos 365 do ano.

Com estes dados, a TVI teve uma liderança incontestada na informação. Note-se que no mesmo período, o “Telejornal” da RTP venceu por 16 vezes e o “Jornal da Noite” da SIC ganhou 25 vezes.

Os valores médios diários de audiência ao longo deste ano, foram para o “Jornal das 8” , de um milhão e 5 mil espectadores e a diferença para o segundo jornal mais procurado foi em média de 152 mil espectadores.

Ora, assim sendo, entre Janeiro e o dia de hoje, o “Jornal das 8” obteve face à concorrência uma vantagem acumulada de cerca de 40 milhões de espectadores

Em 49 fins-de-semana até à data de hoje, o “Jornal das 8” venceu por 47 vezes.

Este foi o melhor ano da história da TVI na informação em prime-time, com o maior número de vitórias de sempre – 300 vitórias!!!

Há 17 anos que nenhuma televisão em Portugal atingia esta fasquia.

Há 5 anos consecutivos que o “Jornal das 8” da TVI é o preferido dos portugueses, superando confortavelmente a concorrência.

 

 

 

 

 

Estreia de “Jogo Duplo” arrebata público dos canais FTA e dos canais de Cabo

A TVI estreou ontem “JOGO DUPLO”, a novela  protagonizada por Sara Prata e João Catarré, que atingiu uma audiência média de 1 milhão e 240 mil espectadores correspondendo a uma quota de audiência de 32.5% em total universo. Jogo Duplo, liderou  confortavelmente no seu horário, nas diferentes faixas horárias, classes socais e regiões, tendo sido o canal mais visto, não só nos canais FTA mas também  no universo total de canais de cabo.

Destaque ainda para o novo recorde de audiência de  “ A Herdeira”. Um  milhão e 574 mil espectadores (quota de audiência de 33.3% em total universo), seguiram ontem esta trama, aonde a vilã Madalena Alvarenga foi finalmente desmascarada.

A TVI assegurou ontem a liderança de audiência no total do dia e prime-time, respetivamente com 23.8% e 28.5% em total de indivíduos.

 

 

 

NOVEMBRO 2017: TVI É O ÚNICO CANAL A SUBIR NO CONSUMO TELEVISIVO

Em novembro a TVI foi o único canal a contrariar a quebra de consumo televisivo registado em Portugal, tendo crescido 1% no total dia e 3% no prime time face a período homólogo. Ou seja, enquanto todos os canais portugueses, incluindo os do universo do Cabo, apresentam uma diminuição no tempo de seu visionamento, a TVI experimenta o fenómeno contrário: comparativamente com novembro do ano passado, os espectadores passam mais tempo a assistir a oferta de programação da TVI.

A TVI foi, pelo 136º mês consecutivo o canal mais visto, com um share de 21,5% em Universo (SIC com 17,7% e a RTP1 com 12,4%), de acordo com os dados da GfK.

No horário nobre a TVI mantem também a sua posição de líder ao registar 24,4% no Universo, e o mesmo se passou com o principal target comercial, Adultos – de 22,3% e 25,0%, no total do dia e horário nobre, respetivamente.

Nota de destaque também para a liderança no target ABCD 15/54 no prime time.

Informação:

Os blocos de informação continuaram a liderar perante os produtos concorrentes, com o “Jornal da Uma” a registar 631 mil espectadores e um share de 26% e o “Jornal das 8” a obter 1 milhão e 121 mil espectadores com um share de 24,6%.

Entretenimento:

“Masterchef Júnior”, estreou este mês ao domingo à noite, e obtém 1 milhão e 45 mil espectadores e 22% de share.

“Nunca Digas Nunca!”, o programa emitido aos sábados à tarde e que deu início às comemorações dos 25 anos da TVI, registou 649 mil espectadores e 20,8% de share.

“Apanha se Puderes” alcança uma quota de 25,5% e uma audiência média de 998 mil espectadores, valores de liderança absoluta no seu horário de exibição.

Nas manhãs, “Você na TV” continua a ter a preferência dos portugueses ao registar uma audiência média diária de 380 mil espectadores, correspondendo a um share de 29,1%. A mesma liderança de consumo para “A Tarde é Sua”, que registou 434 mil espectadores e um share de 19,1%, e o “Somos Portugal” que se reafirma como o programa líder indiscutível das tardes de domingo, tendo obtido uma audiência de 802 mil indivíduos e 24,2% de share.

Ficção:

A Herdeira registou uma audiência média de 1 milhão 368 mil espectadores e um share de 30,1% este mês, sendo a novela mais vista em prime-time na televisão portuguesa.

A novela “A Impostora”, que terminou ontem, obteve um excelente resultado: audiência média de 1 milhão e 48 mil espectadores e um share de 29,8%. Ao longo destes meses de exibição, o valor obtido foi de uma audiência média de 991 mil espectadores e um share de 25,8%.

 

 

THE WEATHER COMPANY, UMA EMPRESA DO GRUPO IBM, E O GRUPO MEDIA CAPITAL JUNTAM-SE PARA FORNECER INFORMAÇÕES METEOROLÓGICAS MAIS COMPLETAS E SOLUÇÕES DE CONTEÚDO E DE MARKETING EM PORTUGAL

 

 

Com o clima bastante ameno e as temperaturas acima da média na Europa, os portugueses gostam de falar e de saber sobre o estado do Tempo.

Com o objetivo de melhorar o serviço de informação meteorológica, a The Weather Company, uma empresa do Grupo IBM, está já a trabalhar com o Grupo Media Capital, uma das principais empresas de comunicação em Portugal – à qual pertence a estação de TV líder em Portugal, a TVI, a estação de rádio número 1 no país, a Rádio Comercial, e os canais multimédia da Media Capital Digital – para oferecer conteúdos e previsões meteorológicas personalizadas a milhões de pessoas em Portugal.

Nesta parceria, a The Weather Company disponibilizará dados e previsões locais sobre o Tempo, bem como conteúdos meteorológicos personalizados nos diversos canais de informação da Media Capital, como as plataformas digitais que alimentam o canal de notícias TVI24. Por seu lado, o Grupo Media Capital compromete-se a fornecer conteúdos, vídeos e fotos locais para a versão portuguesa da aplicação The Weather Channel e do site weather.com.

O CTO do Grupo Media Capital, Ricardo Tomé, sublinha: “Estamos muito entusiasmados por sermos o parceiro da The Weather Company em Portugal e funcionarmos como uma janela para o conteúdo rigoroso, preciso e altamente reconhecido da companhia norte-americana no nosso país, ao torná-lo acessível a milhões de pessoas”.

Por outro lado, através desta aliança os marketers em Portugal poderão aceder a soluções avançadas de publicidade disponíveis na plataforma IBM Watson Advertising que têm por base os dados recolhidos dos vários canais locais da The Weather Company. Os anunciantes terão também acesso à WEATHERfx, uma ferramenta de segmentação que aproveita os dados em tempo-real da plataforma Watson Advertising, para fornecer informações precisas que podem ajudar a prever e antecipar o comportamento do consumidor, permitindo-lhes determinar o horário e o local ideais para serem mais eficazes a chegar aos clientes.

Considerada a empresa de previsões meteorológicas mais rigorosa do mundo por um analista  de mercado externo, a The Weather Company usa métodos e soluções avançadas de previsão com recurso a algoritmos de machine learning e inteligência artificial para fornecer informações meteorológicas relevantes a 2,2 mil milhões de localizações em todo o mundo a cada 15 minutos, para ajudar os cidadãos e as empresas a estarem melhor informadas e a tomarem decisões diárias mais precisas com base no Tempo.

“É com grande satisfação que nos associamos e partilhamos informações meteorológicas detalhadas e rigorosas com uma das empresas de media mais importantes em Portugal. A partir de agora, milhões de pessoas em todo o país terão acesso fácil a informações e conteúdos climatéricos locais relevantes, exatamente no momento em que o quiserem”, sustenta Domenic Venuto, Líder da Divisão de Consumo da The Weather Company. “Sabemos que muitas decisões diárias são influenciadas pelo clima e é nossa missão disponibilizar às pessoas a informação mais rigorosa possível para as ajudar nessas questões”.

Os conteúdos do Grupo Media Capital e as informações meteorológicas da The Weather Company estão agora disponíveis nos canais de informação do Grupo Media Capital e na versão portuguesa da aplicação The Weather Channel e em weather.com/pt-PT.

 

Sobre o Grupo Media Capital:

O Grupo Media Capital (GMC) nasceu em 1992 e é o principal grupo de media em Portugal. Nas últimas duas décadas, o GMC marcou o panorama da indústria de media em Portugal. No segmento de televisão, a GMC possui a TVI – o principal canal de TV em Portugal, o canal de notícias TVI24, a TVI Ficção, a TVI África (canal exclusivo para Angola e Moçambique), a TVI Reality (reality shows) e a TVI Internacional (disponível em 18 territórios em todo o mundo); o segundo maior grupo de rádio em Portugal, incluindo a líder do público em Portugal, a Rádio Comercial, e ainda a M80, a Cidade, a SmoothFM, a VodafoneFM; e a Media Capital Digital, uma empresa de multimédia com a maior audiência digital. O Grupo também tem um forte posicionamento noutros negócios relacionados com o setor, como a Produção Audiovisual – através da empresa multinacional Plural Entertainment -, e edição musical e eventos musicais, pela Farol Musica. A estratégia de liderança da Media Capital baseia-se no compromisso de promover informação, cultura e entretenimento em Portugal, tendo como referência os interesses e preferências dos telespectadores, ouvintes e acionistas. Para mais informações visite mediacapital.pt

 

Sobre a IBM:

Na atual era de computação, baseada em sistemas Cognitivos, na plataforma Cloud e em soluções de Analytics, IoT, Social Business e Mobile, a IBM reforça a liderança tecnológica, promovendo vantagens competitivas e uma experiência diferenciadora aos seus clientes. Desde a sua fundação em 1911, a missão da IBM tem permanecido inalterada: ser essencial para a transformação das organizações e da sociedade através da inovação. A IBM conta com cerca de 380.000 colaboradores em mais de 170 países, e uma rede que ultrapassa os 100.000 parceiros de negócio. Em Portugal desde 1938, criou vários Centros de Inovação Tecnológica e de Competências de delivery de outsourcing de infraestruturas e de processos de negócio, e de desenvolvimento e manutenção de aplicações, em Lisboa, Porto, Braga, Viseu, Tomar e Oeiras. Para mais informações visite ibm.pt

 

Sobre a The Weather Company:

The Weather Company nasceu em 1982, há 35 anos, como um canal de previsão meteorológica, que conseguiu adaptar-se às transformações digitais para se tornar numa das fontes de informação de referência nesta matéria em todo o mundo. Fornece as previsões mais precisas à escala global, com informações de tempo e informações personalizadas e interativas, para milhões de consumidores, bem como para milhares de profissionais e empresas de marketing através do departamento de soluções de negócios (business.weather.com) e produtos digitais próprios do The Weather Channel (weather.com) e Weather Underground (wunderground.com).

A empresa fornece cerca de 25 mil milhões de previsões diárias. Entre os seus produtos está a aplicação meteorológica com mais downloads do mundo, uma rede de 250 mil estações meteorológicas individuais, um site que está entre os 20 mais importantes nos Estados Unidos, uma das plataformas de dados da Internet da Coisas (IoT) e soluções empresariais líderes da indústria. Mais informações em theweathercompany.com

 

 

Estreia de “NUNCA DIGAS NUNCA” cativou as famílias portuguesas

A dupla Ana Sofia e Pedro Teixeira estreou-se este sábado  em grande,  com liderança inequívoca no seu horário. “Nunca digas Nunca”, agradou a uma imensa maioria de portugueses, de todas as idades, classes sociais e regiões do país.

Com uma audiência média de 718 mil espectadores e um share de 23%, suplantou por larga margem os programas da concorrência no mesmo horário.

O programa que tomará conta dos sábados à tarde da televisão portuguesa, deu início  às comemorações dos 25 anos da TVI, tendo tido em estúdio,  Pedro Lima, Sara Prata e Maria Bernardino, três gerações que representam de algum modo programas emblemáticos da estação.

 

CINEBOX

A “Liga da Justiça” está quase a mostrar o que vale. No CINEBOX, vamos mostrar quem faz o quê na primeira missão coletiva dos super-heróis da DC Comics no grande ecrã. Ben Affleck, Gal Gadot, Jason Momoa, entre outros, fazem as devidas apresentações.

Quem já está nos cinemas é Andrew Garfield, agora na pele de um personagem real que sofreu de poliomielite mas, com o apoio da mulher, resistiu ao pior dos prognósticos. Entrevistado por Vítor Moura em Londres, o ator é um dos convidados especiais desta edição, ao lado de Claire Foy. O lançamento europeu foi também a oportunidade para ouvir Andy Serkis, sobre a estreia como realizador e sobre a nova adaptação do “Livro da Selva”.

Outra das novidades nas salas de todo o País é o remake de “Um Crime no Expresso do Oriente”, um dos policiais mais conhecidos de Agatha Christie. Kenneth Branagh é o realizador e interpreta o lendário Hercule Poirot. Na antestreia europeia na capital britânica, Judi Dench, Josh Gad, Daisy Ridley e Willem Dafoe representaram um dos mais fortes elencos deste ano.

Também em destaque: as novas imagens da “Idade da Pedra”, a próxima aventura animada em “stop motion” dos Aardman Studios, com estreia marcada para março de 2018; e o regresso de “Mães à Solta”, no primeiro filme com espírito natalício desta temporada.

Para não perder esta semana, no CINEBOX, com Vítor Moura e Maria João Rosa