CINEBOX

Vigaristas” há muitos, mas como Anne Hathaway e Rebel Wilson… só vendo, no CINEBOX deste fim-de-semana. A comédia que está quase a chegar a Portugal é o remake de um filme dos anos 80. Para as duas protagonistas, a rodagem foi tão divertida como o argumento.

Já em cartaz, está o novo filme dos “Homens de Negro” que é um dos últimos de Chris Hemsworth antes de uma pausa na carreira. A necessidade de passar mais tempo com a família podia ter sido um tópico da entrevista cruzada com Tom Holland. Mas ganharam as provocações.

Robert Pattinson é outra das estrelas do momento em “High Life”. Trata-se do primeiro filme falado em Inglês da francesa Claire Denis que, afinal, tinha outro ator em mente e explica porquê num exclusivo em Paris.

Também nesta edição: o regresso de “Shaft” mas desdobrado em Richard Roundtree, Samuel L. Jackson e Jessie T. Usher; e ainda as novas imagens da sequela de “Frozen” que tem estreia marcada para novembro.

A não perder, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

CINEBOX

Os “Homens de Negro” estão de volta ao Cinema mas já não são os mesmos. Adeus, Will Smith e Tommy Lee Jones. Olá, Chris Hemsworth e Tessa Thompson. No CINEBOX deste fim-de-semana, o ator também conhecido por “Thor” presta um tributo aos antecessores, na apresentação do novo filme em Bali.

Já em cartaz em todo o País, está a “Fénix Negra”, o derradeiro filme dos “X-Men” que tem alguns pontos de contato com a “Guerra dos Tronos”. Sophie Turner, que foi “Lady Sansa” na série da HBO, explica de que forma.

Outra série televisiva que se tornou um fenómeno é “Big Little Lies”. Meryl Streep é uma das caras novas da segunda temporada e Reese Witherspoon, que também é produtora executiva, não disfarça o entusiasmo.

Ainda nesta edição: as primeiras imagens do novo “Rei Leão” foto-realista com a voz de Beyoncé e o entusiasmo de Tom Holland na apresentação da nova aventura do “Homem-Aranha” em solo asiático e, portanto, “Longe de Casa”.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

TVI LIDERA NO PRIME-TIME PELO QUINTO MÊS CONSECUTIVO EM 2019

TVI liderou no prime-time em maio e completa os cinco meses do ano como a preferida dos portugueses no horário nobre da televisão;

A rubrica do J8, “Gente Que Não Sabe Estar”, de Ricardo Araújo Pereira continua a liderar de forma destacada nas noites de domingo;

“A Teia” mantem a liderança durante o seu horário se exibição;Maio foi mês de Eleições Europeias e os portugueses preferiram a TVI para acompanharem todos os resultados.

Decorridos os primeiros 5 meses do ano a TVI lidera destacada o Prime time com 22,1% de share no Universo e 22,6% em Adultos, o principal target comercial.

Maio manteve a tendência de liderança ao registar 20,6% de share no Universo e de 21,2% em Adultos.

A rubrica do J8, “Gente Que Não Sabe Estar”, de Ricardo Araújo Pereira continua a liderar nas noites de domingo, durante o seu horário de exibição, alcançando uma audiência média de 1 milhão 162 mil espectadores e um share de 24,9%.

Destaque para o jornalismo de investigação que lidera com as rubricas de “Ana Leal” que atingiram uma audiência média de 928 mil indivíduos, a que corresponde uma quota de mercado de 21,5%.

“Deus e o Diabo”, apresentado por José Eduardo Moniz, reforçou a preferência face ao mês anterior ao conquistar 859 mil espectadores e 20,7% share, sem esquecer “Alexandra Borges” que obteve 932 mil espectadores e 21,0% de share.

Há 14 anos, a ficção da TVI continua a ser a preferida dos Portugueses. Em maio, “Valor da Vida” terminou tendo o último episódio uma audiência média de 1 milhão 160 mil espetadores, com um share de 25,2%. Também “A Teia” mantém a liderança no seu horário de exibição, com uma audiência média de 776 mil espectadores e um share de 22,9%.

Em maio arrancou mais uma grande produção – “Prisioneira” –, que à data tem prendido cerca de 1 milhão de espetadores diariamente.

No entretenimento, maio foi palco da estreia de “A Tua Cara Não Me É Estranha”, com a apresentação de Maria Cerqueira Gomes, sendo líder no seu horário com uma audiência média de quase 940 mil espectadores.

De sublinhar ainda o regresso de “Conta-me Como És” que liderou no seu horário com uma audiência média de 425 mil espetadores.

A noite das Eleições Europeias marcou o mês de maio e a TVI foi o canal preferido dos portugueses para acompanharem todos os resultados.

​​​

NOTA: Tipo de Audiência Total Dia.​

Fonte CAEM/GFK

CINEBOX

Os X-Men preparam-se para estremecer com a “Fénix Negra”. No CINEBOX deste fim-de-semana, as imagens essenciais do novo filme e os momentos chave de uma saga que já conta 20 anos de super-aventuras.

Quem está de volta ao universo do Exterminador Implacável, mas só em outubro, é Linda Hamilton. Na rodagem de “Destino Sombrio”, ela comenta um regresso mais que simbólico.

Na Austrália, Taron Egerton voltou a dizer que tem muito orgulho de “Rocketman, o filme que lembra a história pública e privada de Elton John até se tornar numa estrela pop – já em cartaz.

Quase a chegar aos cinemas de todo o País, está a sequela da “Vida Secreta dos Nossos Bichos” e com dobragem em Português.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

TVI LIDEROU EM DIA DE ELEIÇÕES EUROPEIAS

TVI liderou no domingo com 16.9% de share e o pico de audiência registou-se com a rúbrica do J8, “Gente Que Não Sabe Estar”, ao alcançar 1 milhão 231 mil espectadores;

Em noite de Eleições Europeias, Jornal das 8 no topo das preferências com audiência média de 813 mil espectadores;

Também no entretenimento a TVI liderou com “A Tua Cara Não Me é Estranha”.

A TVI liderou o dia de domingo, marcado pelas Eleições Europeias, ao registar 16.9% de share de audiência, de acordo com os dados fornecidos pela CAEM/GFK.

O “Jornal das 8” liderou com uma audiência média de 813 mil espetadores a que correspondeu uma quota de 19.5%. O pico de audiência registou-se precisamente no “Jornal das 8”, na rúbrica “Gente Que Não Sabe Estar”, ao alcançar 1 milhão 231 mil espetadores.

A TVI liderou não só na informação, mas também no entretenimento. O segundo episódio de “A Tua Cara Não Me é Estranha” liderou em termos médios, nas 2h 20m que durou o programa, com uma audiência média de 887 mil espetadores a que correspondeu uma quota de 22.3%.

A semana fica também marcada pela estreia da nova produção Plural/TVI, “Prisioneira”, que liderou durante este período com uma audiência média superior a um milhão de espectadores.

CINEBOX

Rocketman” é o filme que mostra Elton John no início da carreira musical e está em destaque no CINEBOX deste fim-de-semana.

A poucos dias da estreia nacional, Taron Egerton explica porque interpretar o artista foi a maior alegria que já teve como ator; o próprio Elton John confessa que se emocionou na antestreia mundial em Cannes.

Ainda no maior festival de Cinema do mundo, Isabelle Huppert brilhou na passadeira vermelha ao lado de Carloto Cotta; aconteceu na apresentação de “Frankie”, um drama rodado em Sintra e candidato à Palma de Ouro.

Quase a chegar às salas, está a prova de força de “Godzilla” como “Rei dos Monstros” e uma atriz da série “Stranger Things”; o filme é uma experiência espetacular, garantiu Millie Bobby Brown na antestreia em Los Angeles.

Já em cartaz, está “Aladdin” em imagem real. A rodagem pediu uma cidade construída de raiz e a banda sonora mantém o tema mais icónico do clássico animado da Disney mas agora nas vozes de Zhavia Ward e Zayn Malik.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

CINEBOX

Daniel Craig vai ser o agente 007 pela 5ª vez. Na apresentação de Bond 25”, na Jamaica, o ator explica porque hesitou continuar o papel de James Bond. Em Nova Iorque, Rami Malek confirma que vai ser o vilão de serviço.

Diogo Morgado é outro dos protagonistas do CINEBOX deste fim-de-semana. O pretexto é “Solum”, uma ficção científica com uma mensagem ecológica, rodada nos Açores e falada em Inglês.

Em Português com sotaque do Brasil, Vincent Cassel conta a Maria João Rosa porque gosta tanto de Portugal; é um exclusivo TVI na apresentação de “O Mundo é Teu”, uma comédia de ação já em cartaz.

Outra das estreias da semana é “Seduz-me Se És Capaz”, a primeira comédia romântica de Charlize Theron e logo com Seth Rogen.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

“CABELO PANTENE – O SONHO” ESTREIA SÁBADO DIA 4 DE MAIO

        

 

“CABELO PANTENE – O SONHO” estreia já este sábado, dia 4 de maio, em prime time.

Depois de duas temporadas de sucesso no Brasil, chega à TVI o programa que vai revelar o cabelo mais bonito e com mais personalidade de Portugal. Ao longo de quatro episódios dez concorrentes irão conviver e disputar o título de Embaixadora Cabelo Pantene.

O mais recente programa da TVI, realizado em parceria com a Pantene Portugal e Endemol, fará dez raparigas sonhar, enfrentar vários obstáculos, partilhar as suas histórias e aprender a tirarem o melhor partido da sua beleza e personalidade, com conceituados especialistas. Ao longo de quatro episódios o jogo será intenso, uma vez que só haverá uma vencedora. O cabelo será o foco de todas as provas e desafios, no entanto os jurados irão também avaliar a atitude, postura, potencial do cabelo, bem como fotogenia entre outros fatores que favoreçam as candidatas.

As dez concorrentes foram selecionadas pela beleza e carácter do seu cabelo. No grupo de finalistas a panóplia de estilos é grande, pois existem cabelos encaracolados, lisos, afro, ondulados, curtos, compridos, e ainda naturais ao pintados. Este conjunto de raparigas com idades compreendidas entre os 16 e 28 anos, irá representar em pleno a diversidade do cabelo nacional.

Bruno Santos, Diretor de Antena e Programas TVI, afirma “A TVI sempre apostou na busca de talento e agora com a estreia de “Cabelo Pantene – O Sonho”, estamos mais uma vez à procura de uma nova estrela. Ao longo deste programa vamos acompanhar a viagem de 10 concorrentes, selecionadas entre milhares de candidatas de todo o país, até à eleição final e convidamos-vos a acompanharem essa aventura connosco.”

“CABELO PANTENE – O SONHO” terá como apresentadores Leonor Poeiras e Luís Borges, e como jurados a modelo e atriz Ana Sofia Martins, o fotógrafo de moda Mário Príncipe e o hairstylist Mathieu Dubet.

A par destes jurados de renome e especializados em diferentes áreas, ao longo de quatro semanas as concorrentes vão ainda receber, na Casa do Cabelo Pantene, visitas surpresa de outros jurados convidados que as ajudarão a desenvolver e melhorar algumas das suas competências pessoais e profissionais.

Carolina Veiga, Diretora de Marketing leader P&G Portugal comenta, “Depois do caso de sucesso do reality show Cabelo Pantene com a Endemol Shine no Brasil, estamos confiantes de que este formato também o será em Portugal. Temos a certeza de que este programa irá reforçar a imagem da marca a nível nacional, onde já é líder de mercado. O concurso Cabelo Pantene tem uma história de 18 anos no nosso país, tendo vindo a adaptar-se não só às tendências desta indústria, bem como às necessidades do consumidor. Levá-lo para a televisão nacional, através deste ambicioso formato, é um desafio para todos nós, mas estamos confiantes de que será um sucesso. É um verdadeiro projeto 360º que começa em TV e posteriormente é amplificado em multiplataformas, nomeadamente nos nossos pontos de venda que foram personalizados de acordo com a imagem do programa. O nosso objetivo é fazer com que todas as mulheres Portuguesas acreditem nelas próprias, nos seus sonhos, e no poder do seu cabelo, é por este motivo que o programa se chamará “Cabelo Pantene – O Sonho.”

O programa poderá também ser acompanhado através das redes sociais oficiais da TVI e da Pantene e ainda em tvi.iol.pt/ e em www.cabelopantene.pt

 

#CabeloPanteneOSonho

COMUNICADO TVI

A Direção de Informação e a Direção de Programas da TVI dispensam, com efeitos imediatos, toda e qualquer colaboração de Pedro Proença, advogado e até agora comentador da estação.

Esta decisão editorial resulta do recurso apresentado por este advogado na defesa de um seu constituinte condenado a 8 anos de prisão por um crime de violação da sua filha.

As razões evocadas pela Defesa são contrárias aos valores e princípios que orientam a TVI na abordagem a um dos problemas mais sensíveis e gritantes da nossa sociedade: a violência doméstica. Porque assentam numa discriminação inaceitável, da condição de mulher e de mãe, que no entender do criminoso e do seu advogado compromete a isenção da Juíza.

Não está em causa a liberdade do exercício da profissão que cada um escolhe. Nem questionamos o facto de qualquer cidadão ter evidentemente o direito à sua defesa.

Mas também não abdicamos da nossa própria liberdade editorial e da responsabilidade social que lhe está inerente. Ao dispensá-lo do seu espaço de comentário semanal no programa “Prolongamento” da TVI24 e das presenças regulares do programa “A Tarde é Sua” no canal principal, as direções de Informação e de Programas da TVI estão a dar um sinal inequívoco: a recusa de, nesta ou em qualquer outra circunstância, permitir que as suas antenas promovam colaboradores que se vinculem a princípios que repudiamos e consideramos nocivos à sociedade que queremos.

Em todo o caso, a TVI não pode deixar de agradecer a disponibilidade e empenho que Pedro Proença sempre revelou nestes quarto anos de colaboração nos diversos espaços de análise e comentário em que participou.

CINEBOX

Hellboy” está de volta ao Cinema e também está no CINEBOX desta semana em exclusivo nacional. Em Londres, o ator David Harbour conta como foi encarnar o super-herói “infernal”. Em Braga, os técnicos de uma empresa portuguesa mostram como criaram parte dos efeitos especiais.

Com o selo dos estúdios Laika, vem aí “Mr. Link”, uma criatura improvável com a voz de Zack Galifianakis numa aventura animada com a técnica “stop-motion”. Também quase a chegar, está “Long Shot”; é a primeira comédia romântica de Charlize Theron e ela explica porquê, ao lado de Seth Rogen, em Las Vegas.

Ainda em Maio, “Godzilla” vai voltar mais monstruoso do que nunca e a medir forças com outros monstros gigantes. O novo “Joker”, interpretado por Joaquin Phoenix, só chega em outubro mas já é claro que nada tem a ver com as versões anteriores.

Só vendo, esta semana, no CINEBOX com Vítor Moura.