CINEBOX

Tony Carreira está de volta aos palcos, mas só no cinema, e está no CINEBOX deste fim-de-semana. A poucos dias da estreia de “Tony”, o artista apresenta o documentário que passa em revista 30 anos de carreira e quer ir além do seu público natural.

Já em cartaz, está o remake de “O Rei Leão”. Importa saber quais são os personagens de Donald Glover, Beyoncé ou Chiwetel Ejiofor e também quem são as vozes principais da versão dobrada em Português. Do filme animado, estreado há 25 anos, mantêm-se as músicas de Elton John que gostou do que viu na antestreia europeia em Londres.

Noutra das estreias do momento, há uma “Assassina Profissional” em ação com Helen Mirren por perto. Quase a chegar, está o biopic de “Tolkien”, o autor das aventuras do “Hobbit” e do “Senhor dos Anéis” agora encarnado por Nicholas Hoult.

Só vendo, este fim de semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

REESTRUTURAÇÂO NA DIREÇÃO DA TVI

FELIPA GARNEL ASSUME DIREÇÃO DE PROGRAMAS DA TVI

  • Felipa Garnel regressa ao grupo Media Capital para liderar a Direção de Programas da TVI.
  • Luís Cunha Velho, administrador da TVI, assume o pelouro da Gestão da Antena.
  • Bruno Santos deixa Direção Geral de Antena e Programas.

Depois de ter passado pelos três canais generalistas portugueses e de ter sido diretora das revistas Caras e Lux, Felipa Garnel é a nova Diretora de Programas da TVI, regressando, assim, ao grupo Media Capital.

No âmbito desta reformulação da Direção de Programas, Luís Cunha Velho, Administrador da TVI, assume o pelouro da Gestão de Antena.

Bruno Santos deixa de desempenhar funções na TVI, pondo fim à sua relação com o Grupo Media Capital.

“Quero agradecer ao Bruno Santos todo o empenho e trabalho desenvolvido. Desejo-lhe a maior sorte no futuro.

Em relação à Felipa Garnel, acompanhei de perto o trabalho que desenvolveu ao longo dos anos em que esteve na Media Capital e acredito na sua combatividade, modernidade e capacidade de liderança, necessários num ciclo que agora se inicia”, explica Luís Cabral, CEO da Media Capital.

“Gosto de desafios e aceitei desde a primeira hora a proposta de fazer parte de uma equipa coesa, empenhada em reconquistar a preferência dos portugueses. Acredito no valor de cada pessoa que trabalha na TVI e estou certa de que, unidos, conseguiremos inovar e surpreender”, afirma Felipa Garnel.

Luís Cunha Velho, administrador da TVI, assume o pelouro da Gestão de Antena

“É um desafio exigente, mas que me motiva imenso. Temos profissionais de excelência e uma crença enorme no futuro da TVI”, afirma Luís Cunha Velho, Administrador da TVI e Administrador Executivo da Plural Entertainment, que assume agora o pelouro da Gestão da Antena.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

NOVA LIDERANÇA NA MEDIA CAPITAL RÁDIOS

Salvador Ribeiro é o novo administrador da MCR

  • Salvador Bourbon Ribeiro sucede a Luís Cabral na liderança da MCR.
  • Novo administrador entrou no grupo Media Capital em 1997.
  • AAV das rádios do grupo sobe 2,3 pontos percentuais face ao período homólogo, sendo a Comercial a rádio mais ouvida do país.

O Conselho de Administração da Media Capital nomeou Salvador Bourbon Ribeiro como novo administrador executivo da Media Capital Rádios. Sucede a Luís Cabral que assume a liderança do grupo Media Capital. O novo administrador acumulará as funções de diretor comercial que tinha até agora, na MCR, até ser anunciado o seu substituto.

Salvador Bourbon Ribeiro entrou no grupo Media Capital em 1997, para o jornal O Independente, e tem, desde essa altura, trabalhado em várias áreas do grupo, sempre ligado às áreas comerciais. Em 2009, depois de cinco anos fora do grupo, regressou para assumir a direção Comercial da Media Capital Rádios.

“É com um enorme orgulho e sentido de responsabilidade que assumo a liderança da Media Capital Rádios 20 anos depois da minha entrada no grupo. Agradeço o voto de confiança da Media Capital e tenho total confiança de que reunimos todas as condições para continuamos a merecer a preferência dos ouvintes”, adianta Salvador Bourbon Ribeiro.

A Media Capital Rádios conseguiu na mais recente vaga do Bareme Rádio da Marktest, relativa a junho, uma audiência acumulada de véspera (AAV) – indicador utilizado para definir a rádio líder no mercado nacional – de 26,9%, mais 2,3 pontos percentuais do que na vaga homóloga.

A Media Capital Rádios conseguiu ainda 35,8% de share de audiência e 50% de reach semanal. A Rádio Comercial manteve o título de estação mais ouvida do país, depois de ter atingido no primeiro trimestre o recorde de número de ouvintes de uma rádio portuguesa.

Nos primeiros três meses de 2019, as receitas de publicidade do segmento de Rádio cresceram 16% face ao período homólogo, tendo contribuído para o aumento de 4% nas receitas de publicidade do grupo, para os 25,2 milhões de euros.

“Aceito o repto de liderar o Grupo Media Capital com a certeza de que o Salvador Ribeiro assegurará a continuidade e consistência do sucesso que construímos na Media Capital Rádios desde 2009. Um sucesso que resulta a 100% do empenho e talento da equipa da casa”, afirma Luís Cabral, novo CEO da Media Capital.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

OURO VERDE ESTREIA ESTA SEGUNDA-FEIRA NO BRASIL

  • Novela da TVI estreia esta segunda-feira no Brasil, no horário nobre da Band;
  • Ouro Verde foi produzido pela Plural para a TVI e conquistou no ano passado o Emmy Internacional de melhor telenovela.

A novela Ouro Verde estreia esta segunda-feira no Brasil, no horário nobre do canal televisivo Band. Com Diogo Morgado e Joana de Verona no elenco, a produção da Plural para a TVI vai ser dobrada para português do Brasil, por opção do canal, e conta ainda com atores brasileiros como Sílvia Pfeifer, Zezé Mota, Gracindo Júnior, entre outros.

“A aposta da transmissão de Ouro Verde no Brasil reflete a qualidade desta produção num país com um historial de telenovelas que fala por si. Curiosamente trata-se de um produto com ligações ao Brasil, tanto na história, como pelos atores brasileiros que integraram o elenco, sem esquecer que Maria João Costa começou a escrever Ouro Verde ainda do outro lado do Atlântico. A tudo isto há ainda a somar o Emmy conquistado no ano passado”, recorda Bruno Santos, diretor geral de antena e programas da TVI.

Produzido pela Plural, para a TVI, Ouro Verde conquistou um Emmy internacional em 2018 de melhor telenovela, já depois de em 2010 a novela “Meu Amor” ter vencido o mesmo prémio.

Ouro Verde será exibida pela Band de segunda a sábado, às 20h20 (hora local).

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

MUDANÇAS NO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Luís Cabral sucede a Rosa Cullell na liderança da Media Capital

 

  • Luís Cabral sucede a Rosa Cullell na liderança da Media Capital depois de vários anos ligado ao grupo.
  • Sucessão interna foi preparada ao longo dos últimos meses.
  • Media Capital fechou primeiro trimestre com receitas de publicidade em alta e diminuição acentuada da dívida líquida.
  • Manuel Mirat assume o cargo de Presidente do Conselho de Administração.

 

O Conselho de Administração da Media Capital aprovou, esta sexta-feira, o nome de Luís Cabral para CEO do Grupo. O atual administrador executivo da Media Capital Rádios sucede a Rosa Cullell, que se encontrava no cargo desde 2011.

Luís Cabral mantém uma ligação com a Media Capital há vários anos, tendo ingressado nas empresas antecessoras do grupo em 1989. Desde 2009, é Administrador Executivo da Media Capital Rádios.

“É com enorme sentido de responsabilidade que assumo esta liderança. Aceito o repto com a convicção de que temos todas as ferramentas para enfrentar com sucesso os desafios que temos pela frente”, adianta Luís Cabral.

A escolha para a sucessão demonstra a aposta no talento interno da Media Capital. Além disso, trata-se de uma mudança que foi preparada ao longo do último ano e que assegura uma transformação que tem vindo a ser desenhada tanto nos conteúdos de televisão como dos conteúdos digitais, e que será agora concretizada.

“Agradeço a confiança que me foi depositada pelo Grupo PRISA, ao qual continuarei ligada, e agradeço em especial o empenho e a amizade de toda a equipa da Media Capital que me acompanhou durante o caminho. A solidez financeira, o talento criativo e a total independência da nossa informação dão-me a total confiança de que o grupo Media Capital vai ser protagonista e líder na transformação do mercado audiovisual português”, frisou Rosa Cullell.

No segundo trimestre de 2019, a Media Capital regista uma boa performance comercial que, associada ao controlo de custos, se traduz numa margem de EBITDA próxima de 30%, valor em linha com os anos anteriores. A empresa continua a registar um desempenho muito positivo de cash flow que lhe permite reduzir o endividamento líquido de forma sólida (apenas 80,9M), continuando a ser, de longe, a melhor referência entre os Grupos de média nacionais cotados.

“Agradecemos à Rosa Cullell todos estes anos de trabalho e dedicação à Media Capital e que se traduziram num longo período de liderança nos vários segmentos, aliados a um percurso financeiro sólido e sustentável. A empresa está hoje preparada para enfrentar os desafios presentes e futuros, agora sob a liderança de Luís Cabral, que está connosco há vários anos e no qual temos uma elevada confiança”, conclui Manuel Mirat, CEO da Prisa.

Adicionalmente foram designados como membros do Conselho de Administração da Media Capital Pedro García Guillén e Xavier Pujol Tobeña, na sequência da renúncia de Miguel Pais do Amaral e António Pires de Lima. No seguimento destas alterações Manuel Mirat assume o cargo de Presidente do Conselho de Administração da Media Capital.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

CINEBOX

O novo “Rei Leão” está quase a chegar aos cinemas de todo o País mas, antes disso, vai dar muito que falar no CINEBOX deste fim-de-semana!

Nos bastidores da nova aventura animada, o realizador Jon Favreau, Donald Glover, Seth Rogen e outras vozes da versão original apresentam o tributo ao clássico da Disney, mas numa versão foto-realista.

Já em cartaz, está Stuber, uma comédia de ação com Dave Bautista à boleia de um Uber conduzido por Kumail Nanjiani.

Outra das estreias da semana é Her Smell: A Música nas Veias”, o drama musical que pôs Elizabeth Moss a ouvir Punk Rock pela primeira vez.

A Mulananimada do final dos anos 90 vai dar lugar a uma Mulande carne e osso em 2020 e as primeiras imagens já bateram um recorde na Internet.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

TVI LIDERA NO DIGITAL NO 1.º SEMESTRE DO ANO

TVI termina primeira metade de 2019 como líder em alcance digital com um reach total de 2,67 milhões de indivíduos;

TVI atingiu o primeiro lugar em abril, fortaleceu a liderança em maio e reforçou o primeiro lugar agora em junho;

TVI24, SELFIE, final da Champions, “Like Me” e “A Tua Cara Não Me É Estranha” ajudaram aos bons resultados;

 

Terminado o primeiro semestre do ano a TVI é a marca líder em alcance digital. A estação de Queluz de Baixo terminou junho com um reach total de 2,67 milhões de indivíduos e mantém a tendência de reforço da liderança face a maio (2,66 milhões de indivíduos) e abril (2,65 milhões de indivíduos) quando conquistou pela primeira vez o primeiro lugar.

“Estes resultados representam a aposta séria que a TVI tem feito no digital e na grande capacidade de todos os que têm contribuído para o nosso sucesso. Conseguimos destacar-nos em áreas tão diferentes como futebol, entretenimento, informação e ficção. Agradecemos a preferência de quem nos segue nos vários canais digitais, vamos continuar a trabalhar para os mantermos do nosso lado e podem contar com várias novidades nos próximos tempos”, afirma Ricardo Tomé, Diretor Coordenador na Media Capital Digital.

Em destaque durante o mês de junho, a final da Liga dos Campeões que contou com uma forte repercussão no TVI Player e na TVI24. Também em junho, o reality-show “Like Me” completou um mês completo e o formato angariou logo na primeira semana 40.000 seguidores no Instagram.

Também no mesmo mês, a TVI24 alcançou 400.000 seguidores no Instagram e prepara-se para alcançar 1 milhão de seguidores no Facebook.

“A Tua Cara Não Me É Estranha”, aos domingos, tem-se revelado um produto muito apetecível para os utilizadores da web, seja pela curiosidade que o look de Maria Cerqueira Gomes gera, seja pelas cada vez mais surpreendentes atuações dos concorrentes, revistas várias vezes no site oficial à 2ª e 3ª feiras. A temporada de “Morangos com Açúcar de Verão”, que estreou em formato on-demand no TVI Player foi outro forte contributo para este resultado.

Por fim, o magazine digital SELFIE, com a sua cobertura exclusiva às caras da TVI, onde se destacam os momentos da entrevista de Jéssica Athayde, mãe recentemente, e Kelly Bailey, capa de uma famosa revista de moda, concluíram os momentos altos do mês, neste caso no segmento mais de lifestyle e social da TVI.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

CINEBOX

 

Vem aí um spin-off da saga “Velocidade Furiosa”. A um mês da estreia de Hobbs & Shaw, Dwayne Johnson está no CINEBOX para apresentar a história que também inclui o personagem de Jason Statham; Idris Elba interpreta um “super-homem negro”, nas palavras dele.

Já em cartaz, está a aventura que leva o “Homem-Aranha” para “Longe de Casa”; a antestreia mundial, em Los Angeles, marcou um dos maiores lançamentos do ano. De super-herói da Marvel, Tom Holland vai passar entretanto a cientista animado em “Armados em Espiões”, uma comédia com estreia marcada para o Natal.

2020 é o ano do regresso dos “Caça-Fantasmas” com realização de Jason Reitman, o filho de Ivan Reitman que realizou o filme que deu origem ao fenómeno em 1984. Entre os protagonistas do novo filme, está Paul Rudd e foi o próprio que o anunciou nas redes sociais.

“O Sol também é uma Estrela” é mais um best-seller da ficção juvenil a dar o salto para o grande ecrã. Na semana de estreia nas salas portuguesas, e ao som de “Paradise” de Bazzi, os dois protagonistas apresentam a história de uma paixão à primeira vista com uma deportação à vista.

Só vendo, este fim-de-semana, no CINEBOX com Vítor Moura.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

TVI E ELEVEN SPORTS PROLONGAM PARCERIA UEFA CHAMPIONS LEAGUE POR MAIS 2 ANOS

Lisboa, 3 de julho de 2019 – A TVI e a Eleven Sports anunciaram hoje que estenderam o acordo relativo aos direitos Free-to-Air da UEFA Champions League para as duas próximas temporadas (2019/2020 e 2020/2021). Esta parceria inclui não só a partilha dos direitos de transmissão da maior competição de clubes do mundo, como a integração editorial de conteúdos multi-plataforma em conjunto, assumindo ainda a TVI o papel de Media Sales House para os Canais da Eleven Sports.

A TVI continuará a ser o canal de sinal aberto a transmitir um jogo por Jornada de uma equipa portuguesa na UEFA Champions League ao longo das duas próximas temporadas, enquanto a Eleven Sports assegurará a transmissão integral dos Jogos da Champions League, desde o playoff até à final que na próxima temporada terá lugar em Istambul. O acordo com a TVI contempla um pacote de 10 Jogos garantidos, incluindo a Final da Competição e apenas 1 jogo das equipas portuguesas por jornada.

Ao longo da temporada 2018/19, a TVI transmitiu 11 jogos da UEFA Champions League (6 da fase de grupos; 2 oitavos de final; 2 quartos de final e final), programas de Pre e Post-Match em parceria com a Eleven Sports sobre a prova, à 2ª e 5ª feira de todas as semanas com jornada da Champions, num total de mais de 116 horas de emissões e de 126 programas (incluindo os jogos) relacionados com a competição. Os Jogos da Champions League emitidos na TVI obtiveram um share médio de 41% e uma audiência média acima dos 1.9 milhões de espectadores, liderando os blocos de audiências na programação dos Canais TVI (TVI e TVI24).

Ambos os canais irão continuar a trabalhar em parceria próxima, com vários conteúdos programáticos a serem partilhados, como os programas de antevisão e balanço de cada jornada e eliminatória da UEFA Champions League e das restantes Ligas Internacionais da Eleven Sports em Portugal, como LaLiga, Bundesliga e Ligue1.

“A TVI procura sempre os melhores conteúdos e não existe nenhum com mais impacto junto do público que o futebol. E não existe prova maior do que a UEFA Champions League. Esta é uma aposta absolutamente estratégica para o posicionamento da TVI. Na edição passada todos os jogos emitidos pela TVI estão no topo dos programas mais vistos do ano. Estamos, por isso, muito satisfeitos em renovar esta parceria com a Eleven Sports por mais duas épocas “, referencia Bruno Santos, Diretor Geral de Programas e Antena da TVI.

A Eleven Sports, o inovador canal de desporto premium em Portugal, revolucionou as transmissões da UEFA Champions League, através de diversas inovações como a transmissão de todos os jogos em simultâneo da Liga dos Campeões nos 6 canais da Eleven Sports, assim como transferir o estúdio para o relvado nos programas de pré e pós-jogo de todas as partidas em que participaram as equipas portuguesas, FC Porto e Benfica, assim como a aposta, pela primeira vez numa final da Champions League, da presença de um estúdio no relvado numa emissão que fez história ao reunir várias figuras do futebol português e mundial como Deco, Paulo Ferreira, Jorge Jesus, Figo, Cafú e Ronaldo, a que se adicionou o programa especial de véspera, na Plaza Mayor em Madrid, com a participação do antigo internacional brasileiro Júlio Batista, assim como a transmissão Live da Final em Salas de Cinema em Lisboa e no Porto.

“A TVI foi um parceiro importante e estratégico para o crescimento da Eleven Sports neste primeiro ano de atividade em Portugal. Reconhecemos o trabalho feito em conjunto e isso naturalmente foi um fator que pesou nas discussões e negociações que desenvolvemos com os vários canais nacionais que mostraram interesse em adquirir os direitos Free-to-Air da UEFA Champions League. Contudo, a proposta da TVI foi a mais competitiva e por isso estamos certos de que continuaremos a inovar em conjunto para que os Portugueses possam assistir, ver e ouvir o melhor futebol do mundo nos canais Eleven Sports e TVI/TVI24”, afirmou Jorge Pavão de Sousa, Managing Director da Eleven Sports Portugal.

O acordo anunciado ficará assim em vigor até ao final do período em que os direitos de transmissão da UEFA Champions League em Portugal pertencem à Eleven Sports, relembrando que o acordo entre UEFA e Eleven Sports começou na época 2018/19 e durará, pelo menos, até à temporada 2020/21.

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

TVI é a preferida dos portugueses no prime time no primeiro semestre de 2019

  • Nos primeiros seis meses do ano a TVI foi a preferida dos portugueses no prime time com uma quota de 21.5%;
  • Rúbrica do Jornal das 8, “Gente Que Não Sabe Estar” de Ricardo Araújo Pereira, vai de férias na liderança;
  • “A Teia” terminou em junho e liderou em termos médios em 2019;
  • TVI24 liderou o prime time em junho e vence no primeiro semestre deste ano;

Terminado o primeiro semestre de 2019, a TVI foi o canal preferido dos portugueses no prime time com uma quota de 21.5%.

O mês de junho fica marcado pela transmissão da final da Liga dos Campeões que obteve uma audiência média de 1 milhão e 329 mil espectadores, a que correspondeu um share de 35.9%.

Também em junho terminou “A Teia”, em termos médios a telenovela liderou em 2019 com uma audiência média de cerca de 787 mil espectadores.

Destaque ainda para os fins-de-semana com os bons resultados do “Conta-me como És” que obteve uma audiência média superior a 440 mil espectadores e também para o “Somos Portugal” que é visto por mais de 540 mil espectadores.

A rúbrica do Jornal das 8, “Gente Que Não Sabe Estar” de Ricardo Araújo Pereira, foi de férias com liderança assegurada ao registar uma audiência média de 936 mil espectadores.

De salientar ainda o desempenho da TVI24 que liderou o prime time em junho e também voltou a acumular no final do primeiro semestre do ano.

 

Nota: Tipo de audiência Total Dia

PARTILHA
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn